SC Régua 3 - 1 Abambres SC
23 Out 2016 - 15:00Estádio Artur Vasques Osório - Peso da Régua - Relvado Sintético

 7ª Jornada da Divisão de Honra da AF Vila Real / 23 de Outubro de 2016

SC Régua 3 – Abambres 1

Árbitro: Ricardo Moreira

 

SC Régua: Ricardo Martins, Alberto, Umaro (Henrique), Patrick, Caio, Luisinho, Zé Vítor (Gael), Xandão, João Nuno, Fabrice e Tozé (Felipe).

Cartões amarelos: Alberto, Fabrice e Tozé

Golos: João Nuno 64’, Caio 85’ e Fabrice 91’

Treinador: João Valente

Maré vermelha reguense varre equipa do Abambres

Bom jogo de futebol este a que se pode assistir no Artur Vasques Osório entre duas boas equipas. O SC Régua favorito á vitória vinha de uma surpreendente derrota em Vila Pouca e queria limpar a imagem e voltar às vitórias.

A equipa da casa começou melhor e logo no início tem duas boas ocasiões de golo. Primeiro Caio remata cruzado mas João Nuno e Fabrice falham a emenda para o golo. Logo de seguida, João Nuno dentro da área remata ao lado.

A equipa reguense não parava e aos 10 minutos João Nuno faz um grande passe para Fabrice e este remata para a baliza mas Tiago Silveira corta a bola em cima da linha quando já se gritava golo.

Apenas aos 25 minutos o Abambres consegue criar algum perigo para a baliza reguense e de livre direto por Tiago Pinto que remata rente ao poste. No entanto a falta que dá direito a este livre é sofrida por um jogador que se encontrava em fora de jogo.

Aos 40 minutos, grande jogada individual de João Nuno que se isolou e mesmo com a pressão de dois adversários rematou á baliza mas permitiu a mancha do guarda-redes adversário. Nesta jogada o ponta de lança reguense poderia ter servido Zé Vítor que acompanhava também a jogada e que poderia também ele ter finalizado.

Ao intervalo mantinha-se o nulo no marcador mas com um SC Régua claramente superior, só a pecar na parte da finalização.

A segunda parte começou da mesma forma, com o SC Régua a criar várias ocasiões de golo. Primeiro foi Fabrice com uma excelente jogada na direita que isola Tozé e este remata às malhas laterais da baliza do Abambres.

Aos 60 minutos, João Nuno remata ao lado da baliza após jogada de qualidade de Alberto. O golo adivinhava-se e aos 64 minutos apareceu. Fabrice nas alturas cabeceia para defesa do guardião Gomes e na recarga João Nuno não perdoa.

Aos 69 minutos é a vez de Tozé rematar em arco fora da área e levar a bola ainda a bater no poste da baliza. Contra a corrente do jogo, surge o golo do empate e que golo.

O guardião do Abambres, Gomes, bate a bola na sua grande área e esta atravessa todo o terreno de jogo e só para no fundo das redes de Ricardo Martins que é surpreendido com o bater da bola no relvado molhado. Um golo anormal no futebol mas que desta vez sorriu ao guardião Gomes.

O SC Régua não se deixou ir abaixo e Gael acabado de entrar remata cruzado com a bola a bater no poste. Na recarga João Nuno remata mas um adversário corta a bola em cima da linha golo.

Aos 85 minutos mais um grande momento no jogo. Livre a favor do SC Régua descaído para a direita e a meio do meio campo. Caio chamado á marcação, remata com a bola em arco diretamente para a baliza. Um golo de fazer levantar o Estádio e que fez “explodir de alegria” o público reguense. Um grande golo que colocava de novo o SC Régua na frente do marcador. O Abambres sentiu o golo e não foi capaz de reagir. Por seu lado a equipa da casa não desistiu de jogar e já em tempo de compensação marca o terceiro golo através de Fabrice. Cruzamento largo de João Nuno que o guardião Gomes desvia e na recarga Fabrice não perdoa.

Vitória justa do SC Régua mas que peca por ser escassa tais as inúmeras oportunidades de golo criadas e desperdiçadas pelos jogadores da casa.

Arbitragem irregular de Ricardo Moreira, não sabendo segurar o jogo e com algumas decisões erradas tanto a nível técnico como disciplinar.

Pelo Régua… Tudo!!!

Fcardoso1

Fotos: Eduardo Ribeiro (SCR)

sc-regua_abambres_201617_1 sc-regua_abambres_201617_2 sc-regua_abambres_201617_3 sc-regua_abambres_201617_4 sc-regua_abambres_201617_5 sc-regua_abambres_201617_6