SC Régua 1 - 1 Murça SC
12 Mar 2017 - 15:00Estádio Municipal Artur Vasques Osório - Relvado Sintético - Peso da Régua

23ª Jornada da Divisão de Honra da AF Vila Real / 12 de Março de 2017

Estádio Artur Vasques Osório

Árbitro: Tiago Oliveira

SC Régua: Bruno Alves, Alberto, Úmaro, Xandão, Caio, Nando (Gael), Bé, Tiago, Quinzinho, Tozé (Zé Mota) e Henrique (Zé Miguel).

Cartões amarelos: Caio e Quinzinho.

Golo: Caio 95’

Treinador: Marco Maleiro

 

Empate num jogo de pouco futebol…

Jogo disputado no Estádio Artur Vasques Osório, entre duas equipas também elas empatadas no 7º lugar com 37 pontos. Começou melhor a formação do Murça que logo aos 2 minutos inaugurou o marcador. Livre direto a favor do Murça, onde Bruno Alves não agarra a bola á primeira e Armando Lopes na recarga a fazer o golo. O SC Régua reagiu de imediato e aos 5 minutos reclama uma grande penalidade a seu favor, depois de Quinzinho ter sido empurrado dentro da área.

O Jogo passava-se essencialmente pelo meio campo com muita posse de bola da equipa da casa mas sem grandes oportunidades de golo.

Em cima do minuto 45, novo protesto da equipa reguense a reclamar nova grande penalidade. Desta vez Henrique é impedido de chegar á bola mas o árbitro da partida faz vista grossa.

Ao intervalo o Murça vencia por 1-0 com golo a surgir no único remate dos forasteiros á baliza.

Na segunda parte, Marco Maleiro fez algumas alterações na formação reguense mas o futebol praticado não era o melhor. Muita circulação de bola entre os seus jogadores mas sem a profundidade necessária para chegar á área com perigo. Por seu lado, a formação do Murça limitava-se a defender e bombear bola para a frente.

Aos minuto 67, o ex- jogador do SC Régua e a agora jogador do Murça, Miguel Rodrigues vê o segundo cartão amarelo e é expulso.

A equipa da casa continuava a carregar em cima do Murça mas o guardião visitante pouco trabalho teve durante o jogo. Aos 90 minutos o árbitro indica 3 minutos de compensação mas nesse tempo complementar a formação visitante executa duas substituições e já 1 minuto depois do tempo de compensação dado, Gael é carregado dentro da área e o árbitro assinala grande penalidade. Alguns protestos dos jogadores do Murça, não tanto pela falta em si mas por ter sido marcada aos 94 minutos. Caio chamado á conversão não desperdiça e iguala a partida.

O empate que surgiu no último minuto de jogo acaba por ser um mal menor para o SC Régua, que mesmo não jogando bem, foi a única equipa em campo que quis vencer. O Murça teve 100% de eficácia ao fazer 1 remate, 1 golo.

Alguns ânimos exaltados no final da partida por parte dos jogadores do Murça que não aceitavam a grande penalidade que deu o empate. Curioso que não se viu essa revolta quando o árbitro ainda na primeira parte perdoou duas grandes penalidades.

Arbitragem com alguns erros de Tiago Oliveira. Não assinalou duas grande penalidades ainda na primeira parte a favor do SC Régua e deveria ter sido mais autoritário disciplinarmente. Pelo menos, teve a coragem de assinalar uma grande penalidade no último minuto.

Pelo Régua… Tudo!!!

Fotos: Eduardo Ribeiro (SC Régua)