FC Fontelas 1 - 3 SC Régua
20 Nov 2016 - 15:00Campo Dr. Rui Machado - Fontelas - Relvado Sintético

10ª Jornada da Divisão de Honra da AF Vila Real / 20 de Novembro de 2016

Campo Dr. Rui Machado

Fontelas FC 1 – SC Régua 3

Árbitro: Pedro Castro

 

SC Régua: Bruno Alves, Alberto, Úmaro, Xandão, Caio, Luisinho, José Vítor (João Jerónimo), Tozé, João Nuno, Gael (Henrique) e Miguel Rodrigues (Nuno Ferraz).

Cartão Amarelo: Úmaro (2)

Cartão Vermelho: Úmaro

Golos: João Nuno 49’ e Luisinho 70’ e 91’

Treinador: João Valente

 

Vitória sem deslumbrar do SC Régua

Derby reguense disputado no Campo Dr. Rui Machado, esperado sempre com grande emoção pelos adeptos de ambas as equipas. O SC Régua apesar de jogar fora de portas, era o favorito e não deixou de levar os 3 pontos mas teve que suar para conseguir a vitória. Mais uma vez a formação reguense apresentou-se de negro, sem o seu tão bonito e habitual equipamento aos gomos vermelhos e brancos.

Jogo na primeira parte de sentido único com o SC Régua a dominar as operação e o Fontelas apenas a tentar jogar no contra ataque e com bolas lançadas em profundidade. Por seu lado, a formação reguense que tinha muita posse de bola, não conseguia fazer o ultimo passe e na finalização estavam algo desastrados.

No entanto, a melhor oportunidade da primeira parte acabou por ser do Fontelas num livre direto onde Bruno Alves na sua estreia da baliza Reguense, teve em grande evidência.

Para a segunda parte, João Valente mudou a estratégia e lançou Henrique e Nuno Ferraz para tentar por um lado dar mais velocidade á equipa e mais controle de bola no meio campo.

Aos 49 minutos, após boa jogada de Alberto na direita, este cruza e a bola é cortada com o braço por um defensor do Fontelas. Grande penalidade assinalada que João Nuno não desperdiçou e marcou o seu 10º golo em 10 jornadas disputadas.

Aos 55 minutos, lance duvidoso na grande área do Fontelas com um jogador da casa a cortar a bola e o guarda-redes a agarrar a mesma. O árbitro da partida entendeu como atraso ao guarda-redes e assinalou livre indireto. Antes do livre e nos naturais empurrões na barreia para ganhar posição, Pedro Castro implacável não perdoou os empurrões e mostrou cartão amarelo a um jogador de cada equipa. O jogador do Fontelas já tinha amarelo e foi expulso.

Pensava-se que o jogo ia ficar mais fácil para os Reguenses mas aos 65 minutos, num raro lance em que o Fontelas se aproximou da área Reguense e na sequência de um livre, Gilson aproveita um atrapalhação na área para fazer o golo do empate.

Este golo serviu para o SC Régua, dar corda aos sapatos e lançar-se na buscar de um segundo golo que surgiu aos 70 minutos, num golaço de Luisinho que lançado no ataque, viu o adiantamento do guardião visitante e fez um chapéu de grande categoria.

Por volta do minuto 80, o Fontelas ficou reduzido a 9 jogadores, quando João Nuno se preparava para se isolar e foi puxado por um jogador da equipa da casa. Segundo cartão amarelo e expulsão.

Até ao minuto 90 a vantagem podia ser ampliada mas João Nuno, Caio , Ferraz, Luisinho e Henrique não conseguiram concretizar da melhor maneira. No entanto, já em período de descontos, Luisinho viria a apontar o seu segundo golo, terceiro do SC Régua com mais um chapéu ao guardião do Fontelas, desta vez contando com um ligeiro desvio de um defesa da equipa da casa.

Vitória justa do SC Régua que podia ter colocado uma vantagem maior no marcador mas mesmo assim o objetivo foi cumprido e os 3 postos conquistados.

A arbitragem de Pedro Castro foi muito fraca. Mal em algumas decisões, rigoroso demais em outras, não conseguiu ter pulso para segurar uma partida que tinha tudo para ser fácil.

Um jogo com 3 expulsões mas sem qualquer tipo de violência ou agressividade por parte dos jogadores de ambas as equipas.

Pelo Régua… Tudo!!!

Fcardoso1

Fotos: Eduardo Ribeiro (SC Régua)

fontelas_sc-regua_201617_1 fontelas_sc-regua_201617_2 fontelas_sc-regua_201617_3 fontelas_sc-regua_201617_4 fontelas_sc-regua_201617_5