SC Régua 3 - 3 Vila Pouca
27 Dez 2015 - 15:00Estádio Municipal Artur Vasques Osório - Peso da Régua

13ª Jornada da Divisão de Honra da AF Vila Real

 

Estádio Artur Vasques Osório

Árbitro: Gonçalo Martins

 

SC Régua: Cláudio, Márcio, Daniel Valente, Patrick, Simão (Hugo Ferraz), Luisinho, Cristiano (Leonardo), Zé Pedro, João Nuno, Diogo Jerónimo e António (André Silva).

Cartões Amarelos: Cristiano, Patrick e Luisinho

Cartão Vermelho: Daniel Valente

Golos: Diogo Jerónimo 69’, Zé Pedro 70’ e 94’

Treinador: João Valente

 

SC Vila Pouca: Miguel, Duarte, Moreira, Schuster (Lopes), Guilhaume, Álvaro (Abreu), Tiago, Joel (Marcelo), Miguel Rodrigues, Pedrinho e Duarte Paço.

Cartão Vermelho: Miguel Rodrigues

Golos: Joel 20’, Miguel Rodrigues 21’ e Guilhaume 80’

Treinador: Armando

 

Emoção até ao fim num jogo onde o SC Régua merecia a vitória

Bom jogo de futebol este a que pudemos assistir no Artur Vasques Osório, com muita emoção e golos. Nada mais do que meia dúzia.

Começou bem a equipa do SC Régua, que a jogar em casa queria demonstrar a sua supremacia mas a defensiva do Vila Pouca ia dando conta do recado, com o seu capitão Duarte a comandar as operações.

Na primeira vez que o Vila Pouca desce á defensiva reguense, marca. Ressalto de bola ganho dentro da grande área e Joel não desperdiça a oportunidade. Ainda nem os jogadores do Vila Pouca tinham acabado de festejar o golo e já marcavam o segundo. Jogada rápida da direita onde um visitante cruza e Miguel Rodrigues á boca da baliza só tem que encostar.

Balde de água fria para os Reguenses que ainda não percebiam como tinham encaixado assim tão de repente dois golos.

Foi apartir deste momento que o SC Régua se libertou e diga-se, beneficiando também da saída de Márcio de lateral direito para uma posição mais atacante. Aos 30 minutos, Zé Pedro ameaça com um remate que passa a rasar o poste da baliza dos visitantes.

Aos 35 minutos, um revés para os homens de Armando, com a expulsão por duplo amarelo de Miguel Rodrigues. Apesar de estar a perder por 2-0, o SC Régua sentia que a jogar com mais um poderia acreditar ainda num resultado positivo.

Logo aos 37 minutos, Simão tem uma perdida escandalosa quando em cima da linha de golo cabeceia por cima. Julgamos mesmo que se não toca na bola, a mesma entrava direta na baliza. Azar para o defesa reguense. Até ao intervalo continuou o SC Régua a atacar e o Vila Pouca encostado na sua defensiva.

A segunda parte foi de sentido único com o SC Régua a encostar às cordas a formação visitante. Aos 50 minutos, nova perdida flagrante da equipa da casa, desta vez, Daniel Valente também na sequência de um canto e cabecear a bola por cima da baliza, com esta totalmente deserta. Aos 60 minutos, remate perigoso de Diogo Jerónimo, com uma excelente intervenção de Miguel que ainda evitou a recarga de João Nuno. No minuto seguinte, novo canto a favor do SC Régua e nova perdida escandalosa, desta vez de André Silva. O azar batia á porta dos jogadores da casa.

O golo adivinhava-se e Zé Pedro faz uma ameaça mais séria ao minuto 66, quando de cabeça atira á barra da baliza.

Finalmente aparece o golo, ao minuto 69 num grande remate de Diogo Jerónimo. Grande golo que fez acreditar as hostes reguenses.

Empolgadas pelo golo, os reguensesviriam a festejar no minuto seguinte o golo do empate num remate de fora da área defendido pelo guardião e que Zé Pedro na recarga não falha.

Quando se pensava que o SC Régua podia embalar para a vitória, eis que num lance fortuito, Guilhaume do meio da rua faz um chapéu a Cláudio, voltando a colocar o marcador a favor dos visitantes. Um grande golo do avançado forasteiro.

O SC Régua não deixou de acreditar e empolgado pelo seu público foi novamente atrás do prejuízo. Já em tempo de descontos, Daniel Valente é expulso com cartão vermelho direto por uma entrada por trás sobre Guilhaume. Algo duvidosa esta expulsão. Vimos faltas bem mais graves ao longo da partida e que não foram sancionadas com qualquer cartão.

Mesmo com todos os azares e adversidades o SC Régua ao minuto 94 consegue o mais do que merecido golo do empate. Zé Pedro entra na área e com um remate rasteiro e colocado coloca o resultado em 3-3.

Resultado injusto para o SC Régua que foi sempre a melhor equipa e que desperdiçou diversas oportunidades de golo. O Vila Pouca, pouco atacou mas teve uma eficácia de 5 remates e 3 golos.

Arbitragem razoável de Gonçalo Martins que deveria ter agido mais em termos disciplinares. Dá-se o beneficio da duvida na expulsão de Daniel Valente.

Pelo Régua… Tudo!!!

Fcardoso1

Fotos: Filipe Silva

Scregua_vilapouca_201516_9 Scregua_vilapouca_201516_8 Scregua_vilapouca_201516_7 Scregua_vilapouca_201516_6 Scregua_vilapouca_201516_5 Scregua_vilapouca_201516_4 Scregua_vilapouca_201516_3 Scregua_vilapouca_201516_2 Scregua_vilapouca_201516_1