24ª Jornada da Divisão de Honra da AF Vila Real / SC Régua 1 – SC Vila Pouca 0

24ª Jornada da Divisão de Honra da AF Vila Real / 17 de Março de 2019

Estádio Artur Vasques Osório

SC Régua 1 – SC Vila Pouca 0

Árbitro: Tiago Oliveira

SC Régua: Dmitrii Sergeev, Daniel Lima, Diogo Mansilha, André Maurício, Samuel Vaz, Tanaka (Hugo Duarte), Álvaro Ferreira, Paulo Machado, Caio Domingues (David Bonito), Juninho (Zé Roberto) e Celso Hadami (Pedro Amorim).

Suplentes não utilizados: Miguel Gonçalves, Zé Miguel e Paulo Andrade.

Cartões amarelos: Álvaro Ferreira, Tanaka e Paulo Machado

Golo: Juninho 14’

Treinador: Paulo Ferreira

Vila Pouca: André Ribeiro, Márcio Silva, Paulo Martins, Pedrinho, Clayton (Pedro Vítor), Duarte Paço (Gabi), Luisinho, Simão Freitas, Filipe Silva (João Zogas), Luís Lopes e Clayton.

Suplentes não utilizados: Nuno Silva, Hugo Rodrigues, Rafa e Marcelo Sousa

Cartões amarelos: Filipe Silva, Márcio Silva, Duarte Paço, Pedrinho e Nuno Silva.

Treinador: Tiago Pinto

SC Régua vence á tangente

Jogo disputado no Estádio Artur Vasques Osório. Como é habitual, uma excelente moldura humana. Frente a frente, duas boas equipas. O SC Régua que segue em segundo lugar e que ainda não perdeu neste campeonato e do outro lado um Vila Pouca que já não perde há 8 jogos.

Começou melhor o SC Régua que entrou a dominar a partida. Por seu turno, os visitantes que praticam um bom futebol, queria causar uma surpresa na Régua.

Aos 14 minutos, na sequência de um pontapé de canto, Juninho marca um golo olímpico, num canto direto. Grande golo do médio brasileiro.

 Reagiu a formação visitante com uma pressão mais alta e a vencer muitas segunda bolas.

Aos 29 minutos, os visitantes têm uma grande oportunidade para empatarem. Clayton ganha a bola, após falha de um jogador do Régua e já na área frente a Dmitrii, serve um colega seu que só tinha que encostar para a baliza deserta mas o remate do jogador visitante sai por cima da baliza. Grande oportunidade desperdiçada.

Até ao intervalo a pressão visitante manteve-se, mas sem grandes complicações para a defensiva reguense.

Na segunda parte, o SC Régua entrou determinado a conseguir o golo da tranquilidade, mas cedo o Vila Pouca contrariou essas intenções, com um futebol de muita posse de bola mas diga-se a bom da verdade, que o guarda redes Reguense Dmitrii não teve uma tarde complicada. A equipa reguense parecia algo cansada e com pouca objetividade na segunda metade do terreno. Por seu lado, o Vila Pouca tentava lançar bolas para a grande área reguense com os defesas centrais Diogo Mansilha e André Maurício estiveram mais uma vez numa tarde de grande nível.

Aos 89 minutos, David Bonito ganha uma bola na defensiva adversária e tem um grande remate que sai perto do poste da baliza de André Ribeiro.

A vitória sorria assim ao SC Régua, num jogo de esforço e garra dos comandados de Paulo Ferreira que assim continuam na perseguição do líder Vila Real. O Vila Pouca pelo futebol que fez e apesar de não ter tido muitas oportunidades de golo, faz por merecer o ponto na Régua.

Destaque na equipa reguense para a excelente exibição dos centrais Diogo Mansilha e André Maurício e uma palavra muito especial de conforto para o jogador Álvaro Ferreira que lhe viu falecer um familiar no dia anterior mas mesmo assim fez questão de jogar e esteve impecável em campo.

Arbitragem razoável de Tiago Ribeiro com alguns erros pelo meio, mas sem influência no resultado final.

Pelo Régua… Tudo!!!

Rotos: Eduardo Ribeiro (SC Régua)