22ª Jornada da Divisão de Honra da AF Vila Real / SC Régua 6 – GDC Salto 0

22ª Jornada da Divisão de Honra da AF Vila Real / 02 de Março de 2019

Estádio Municipal Artur Vasques Osório

SC Régua 6 – GDC Salto 0

Árbitro: Ricardo Pinto

SC Régua: Dmitrii, Daniel Lima, Diogo Mansilha (Zé Roberto), André Maurício, Samuel Vaz, Paulo Machado (Zé Nuno), Alberto Ferreira, Tanaka (Pedro Amorim), Caio Domingues (Celso Hadami), Juninho e David Bonito.

Suplentes não utilizados: Zé Miguel, Hugo Duque e Paulo Andrade

Golos: Juninho 3’, 75’ e 79’, Tanaka 8’, André Maurício 43 e David Bonito 50’

Treinador: Paulo Ferreira

GDC Salto: Berna, Duarte Teixeira, Danilo Santos, Gigante, Leandro, Romeu Lopes, João Pedro, Bruno Pinto, Robério, Zé António (Nuno Mota) e Bala.

Suplentes não utilizados: Bruno Teixeira

Cartão amarelo: Zé António

Treinador: Vieirinha

Vitória tranquila do SC Régua

Jogo disputado no Estádio Artur Vasques Osório no Peso da Régua, numa tarde de Sábado de sol que com uma boa moldura humana. Jogo praticamente de sentido único do SC Régua que partiu para esta partida como claro favorito e fez jus a esse favoritismo.

Logo ao minuto 3, Tanaka entra pela área e é carregado em falta. Grande penalidade assinalada que Juninho chamado á conversão não desperdiça.

O SC Régua entrou forte na partida e aos 8 minutos já estava a marcar o segundo golo. Cruzamento largo para a grande área onde David Bonito de cabeça serve Tanaka para este de primeira marcar.

O jogo depois do segundo golo caiu numa toada mais calma mas sempre com domínio absoluto da equipa da casa. Antes do intervalo, chegava o 3-0, num pontapé de canto de Juninho, André Maurício entra de rompante e marca um bom golo.

A segunda parte começou novamente com o domínio reguense e aos 50 minutos surge o quarto golo. Pontapé de canto de Juninho e David Bonito ganha a posição nas alturas e marca o golo.

O treinador Paulo Ferreira aproveitava o descanso no marcador para também rodar a equipa e dar descanso a alguns elementos da equipa mais utilizados. Aos 75 minutos, Juninho do meio da rua tem um grande remate e faz um grande golo.

Para terminar a tarde em grande, aos 79 minutos Juninho chegava ao hat-trick, num bom golo de cabeça a culminar um cruzamento na perfeição de Daniel Lima.

Aos 82 minutos, o Salto dispõe de um livre direto, onde tem a oportunidade de fazer o único remate á baliza de Dmitrri que faz uma excelente defesa.

Vitória justa do SC Régua num jogo de sentido único e onde já se previa uma vitória folgada do SC Régua. Os jogadores cumpriram na perfeição as instruções de Paulo Ferreira e obtiveram uma vitória tranquila.

Arbitragem calma sem qualquer problema de Ricardo Pinto.

Pelo Régua… Tudo!!!

Fernando Cardoso (www.scregua.com)

Fotos: Eduardo Ribeiro