14ª Jornada da Divisão de Honra AF Vila Real / SC Régua 2 – AC Alijoense 2

14ª Jornada da Divisão de Honra da AF Vila Real / 23 de Dezembro de 2018

Estádio Artur Vasques Osório

SC Régua 2 – Alijoense 2

Árbitro: Márcio Ribeiro

 

SC Régua: Gabi, Tanaka, Diogo Mansilha, Pogba, Samuel, Candé, Zé Roberto (Clayton), David Bonito (Celso Amir), Dino (Maurício), Juninho e Henrique (Sané)

Suplentes não utilizados: João Silvério, Cleony e Jokito

Cartões amarelos: Candé, Dino, Samuel e Celso Amir

Golos: Sané 64’ e Pogba 66’

Treinador: Marco Maleiro

 

Alijoense: Luís Mendes, Paiva, Fábio (Zé Eduardo), Rua (Tiago), Diogo (Tiago Araújo), Bruno Ligeiro (Pala), Nené, Dani, Hugo, Rui Santos e Miga.

Suplentes não Utilizados: Bernardo, Hugo Gomes e Luís Pedro.

Cartões amarelos: Diogo, Rua, Rui Santos e Dani.

Golos: Fábio 10’ e Nené 91’

Treinador: Mário André

 

Desilusão em empate caseiro

Jogo disputado no Estádio Artur Vasques Osório, numa tarde fria em vésperas de natal, onde se esperava uma vitória tranquila do SC Régua mas isso não veio a suceder. Num jogo totalmente atípico e frio tal como a tarde. O SC Régua cedo tomou conta do jogo mas seria o Alijoense na sequência de um livre direto a inaugurar o marcador aos 10 minutos. Reagiu a formação da casa mas sem muito critério e sem incomodar muito a defesa adversária. Aos 20 minutos, bom remate de David Bonito com uma boa defesa do guarda-redes e na recarga Henrique cruza para Dino cabecear por cima.

Até ao final da primeira parte, não se assistiu a nenhuma reação efusiva do SC Régua em busca do empate, pelo que, o resultado era favorável aos forasteiros.

Na segunda parte e já com algumas alterações efetuadas por Marco Maleiro, a equipa reguense insistia em enviar bolas para a área em vez de ir para cima da defesa adversária, onde perdiam assim grande parte das bolas. Aos 54 mins Clayton tem uma boa oportunidade mas na pequena área remata ao lado da baliza.

Aos 64 minutos chega o golo do empate. Sané recebe a bola na esquerda e remate forte rasteiro, com a bola a passar entre o poste e o guarda-redes.

Ainda se festejava o golo do empate e já o SC Régua efetuava a remontada no marcador. Aos 66 minutos, Pogba na sequência de um pontapé de canto, marca o 2-1 para a equipa da casa.

O SC Régua continuava em busca do golo da tranquilidade mas não o conseguia, muito por culpa própria. Um futebol não muito atrativo e em esforço não permitia á equipa explanar todo o seu futebol.

No entanto a surpresa aconteceu já depois do minuto 90, em mais um livre direto onde a bola bate na barreira e trai o guarda-redes Gabi.

Marco Maleiro, resolveu rodar alguns jogadores mas a equipa não rendeu o habitual e acabou por ser surpreendida em casa por uma equipa perfeitamente ao alcance do SC Régua.

No final do encontrou, Marco Maleiro anunciou a saída do clube reguense invocando falta de apoio da direção, dizendo que se sente saturado e cansado.

Fica agora a duvida para sabermos que treinador e que equipa o SC Régua vai ter nos próximos jogos e no resto do campeonato, faltando ainda saber se os objetivos da subida se mantêm.

Arbitragem fraca de Márcio Ribeiro. Muitas falhas técnicas e disciplinares que levaram a uma má condução do jogo.

 

Pelo Régua… Tudo!!!

Fotos: Eduardo Ribeiro (SC Régua)