12ª Jornada da Divisão de Honra AF Vila Real / SC Régua 1 – GD Vilar Perdizes 1

12ª Jornada da Divisão de Honra da AF Vila Real / 09 de Dezembro de 2018

Estádio Municipal Artur Vasques Osório

SC Régua 1 – GD Vilar de Perdizes 1

Árbitro: Iancu Vasilíca

 

SC Régua: Bryan, Tanaka, Pogba, David Mansilha, Samuel Vaz, Candé (David Bonito), Pape Balla, Sané (Celso Hadami), Clayton (Dino), Juninho (Paulo Machado) e Vieira.

Suplentes não utilizados: Gabi, Maurício e Zé Roberto.

Golo: Clayton 30’

Cartões amarelos: Pape Balla, Samuel Vaz e Candé

Treinador: Marco Maleiro

 

GD Vilar de Perdizes: Bruno Martins, Opara, Nuno Abreu, Teixeirinha (Mika), Jonas, Edu Alves (Edu Paiva), João Teixeira, Ossai (Bruno Madeira), Pedro, Fábio Pais e Rafa (Tunes).

Suplentes não utilizados: Pedro Batata, Miguel Sousa e Leonel Fernandes.

Cartões amarelos: Nuno Abreu e Tunes

Golo: Candé (pb) 45’

Treinador: Tony

 

SC Régua perde pontos em casa pela 1ª vez

Jogo disputado no Estádio Artur Vasques Osório, com uma boa moldura humana. Frente a frente, duas excelentes equipas. O SC Régua a jogar em casa queria vencer para continuar no 1º lugar e o Vilar de Perdizes que vem a fazer um campeonato um pouco abaixo das expectativas iniciais, queria surpreender a equipa da casa.

Jogo sempre muito equilibrado com as duas equipas a mostrarem a qualidade em campo e também um bom estudo tático de ambos os treinadores. As oportunidades de golo não eram muitas, fruto também do esquema tático apresentado por ambos os treinadores.

No entanto, ao minuto 30, chegava o golo Reguense. Pontapé de canto marcado por Juninho, o guarda-redes visitantes não consegue afastar a bola e Clayton de cabeça marca o golo inaugural da partida.

O Vilar de Perdizes subiu no terreno em buscar do empate mas encontrou pela frente um SC Régua, bem organizados defensivamente. Já em cima do intervalo e depois do minuto 45, pontapé de canto a favores os visitantes e Candé infeliz nas alturas a introduzir a bola na própria baliza. Azar para o capitão reguense.

A segunda parte mostrou um Vilar de Perdizes mais rápido e mais atrevido, tentado com jogadas longas criar perigo na defensiva reguense, enquanto o SC Régua tentava muitas vezes jogadas individuais e as combinações no ataque nem sempre funcionaram bem.

Aos minutos 69 e 71, destaque para Bryan que por duas vezes evitou o golo da reviravolta visitante com duas excelentes intervenções.

Ao minuto 88, lance de dúvida na grande área do Vilar de Perdizes. Pogba cruza a bola para a área e um jogador visitante parece cortar a bola com o braço. Protestos dos jogadores da casa que Iancu Vasílica não atendeu.

Empate justo numa partida onde o SC Régua esteve um pouco abaixo das expectativas e o Vilar de Perdizes aproveitou para levar um precioso ponto.

Arbitragem algo irregular de Iancu Vasilíca com alguns erros de avaliação ao longo da partida. Fica a dúvida ao minuto 88 com uma possível grande penalidade a favorecer o SC Régua.

Pelo Régua… Tudo!!!

Fotos: Eduardo Ribeiro (SC Régua)