27ª Jornada da Divisão de Honra da AF Vila Real / SC Régua 6 – FC Fontelas 1

27ª Jornada da Divisão de Honra da AF Vila Real / 22 de Abril de 2018

Estádio Artur Vasques Osório

SC Régua 6 – FC Fontelas 1

Árbitro: Tiago Oliveira

 

SC Régua: Bruno Santos, Alberto, Nuno Peixoto, Úmaro (Tozé), Daniel, Bé, Zé Pedro, Márcio, Musa (Vandé), Pablo (Paulo Machado) e Tiago Gomes (Nando).

Suplentes não utilizados: André Aranha, Zé Miguel e Zé Roberto

Golos: Márcio 12’ e 47’, Alberto 40’ (gp), Daniel 63’ e 85’ , Zé Pedro 64’

Cartões amarelos: Úmaro e Nando

Treinador: Marco Maleiro

 

FC Fontelas: Buffon, Paulinho (Filipe), Eduardo, Ferraz, Barradas (Gonçalo), Flávio, Luisinho, Soalheiro (Rony), Daniel, Jokito e João Guedes.

Suplentes não utilizados: Kiko e Ricardo Marques.

Golo: João Guedes 93’ (gp)

Cartões amarelos: Flávio e Daniel

Treinador: Hélder Ferreira

 

Vitória tranquila que poderia ser por outros números

 

Jogo disputado no Artur Vasques Osório, onde se defrontavam duas equipas num tradicional derby reguense. Frente a frente o SC Régua que ainda luta pelo segundo lugar (o primeiro parece impossível) e o Fontelas na última posição. A equipa reguense queria vencer e convencer e se possível por números elevados (com todo o respeito pela formação adversária) porque na questão de igualdade pontual, o fator golos marcados e sofridos vai pesar no final.

Foi um jogo praticamente de sentido único, com a formação reguense com muitos homens no ataque a tentar pressionar a formação visitante que, no entanto, nos primeiros minutos mostrou-se atrevida e com vontade de fazer a vida cara ao SC Régua.

Apenas aos 12 minutos surgiu o primeiro golo reguense. Alberto faz um excelente cruzamento para a grande área onde no ar Márcio de pé direito e de primeira faz o golo.

Parecia que o jogo estaria de feição para a equipa da casa, mas assistiu-se depois a um autêntico festival de antijogo da formação do Fontelas. Quedas e mais quedas durante a primeira parte, onde o massagista do clube correu mais em 45 minutos do que possivelmente na época toda. Não se pode precisar ao certo mas umas 8 vezes entrou em campo para assistências. Qualquer corte, bolada ou defesa, era motivo para os jogadores ficarem no chão.

O SC Régua tentava por tudo atacar mas as constantes paragens de jogo, enervavam os jogadores da casa. Só aos 40 minutos chega o 2-0 através de uma grande penalidade transformada por Alberto a castigar falta sobre Tiago Gomes.

Destaque ainda para uma grande oportunidade de Pablo que na grande área sozinho remata por cima da baliza quando tinha tudo para fuzilar as redes adversárias.

A segunda metade, começou logo com o golo reguense aos 47 minutos através de Márcio que de cabeça não perdoa. A equipa da casa continuava a carregar mas as coisas nem sempre saiam bem.

Só aos 63 minutos surge o quarto golo. Daniel na grande área e de cabeça faz o golo.

No minuto seguinte surge o 5-0, desta vez por Zé Pedro. Cruzamento de Pablo e Zé pedro de primeira a marcar um bom golo.

Aos 85 minutos surge o último golo reguense na partida. Daniel num a jogada individual remata forte e colocado fora da área, apontando um bom golo.

Já em tempo de compensação e quando nada o fazer prever, Bruno Santos sai da baliza para interceptar uma bola e acaba por derrubar Rony. Grande penalidade assinalada e João Guedes não desperdiça a oportunidade marcando o golo de honra para o Fontelas.

De destacar nesta segunda parte, uma excelente oportunidade desperdiçada por Bé e as 4 bolas enviadas ao ferro pelos jogadores do SC Régua.

Vitória justa e que poderia e deveria ter sido por números mais elevados.

Arbitragem tranquila de Tiago Oliveira que deu e bem 6 minutos de compensação na primeira parte mas apenas deu 3 minutos na segunda parte.  

Pelo Régua… Tudo!!!

 

Fotos: Eduardo Ribeiro (SC Régua)