25ª Jornada da Divisão de Honra da AF Vila Real / SC Régua 2 – GD Vilar de Perdizes 1

25ª Jornada da Divisão de Honra da AF Vila Real / 08 de Abril de 2018

Estádio Artur Vasques Osório

Árbitro: Carlos Teixeira

SC Régua: Bruno Santos, Alberto, Úmaro, Nuno Peixoto, Tozé, Bé, Candé (Pablo), Paulo Machado (Daniel), Márcio (Musa), Zé Pedro e Tiago Gomes (Max).

Suplentes não utilizados: André Aranha, Zé Miguel e Zé Roberto.

Golos: Bé 20’ e Alberto (pen) 51’

Cartões amarelos: Candé, Alberto e Bruno Santos.

Treinador: Marco Maleiro

 

GD Vilar de Perdizes: Pini, Pedro (Tiago), Mário, Edu Paiva (Jonas), Mika, Bruno Madeira (Jorge), Leonel Fernandes, Nuno Abreu, Marco, Vasques (Diogo Kubota) e Parente.

Suplentes não utilizados: Batata, Miguel e Fábio.

Cartões amarelos: Vasques, Mário, Nuno Abreu e Leonel Fernandes

Golo: Jorge 89’

Treinador: Tony Silva

 

Vitória suada do SC Régua

Jogo disputado no Estádio Artur Vasques Osório, onde o SC Régua queria aproveitar a jornada de descanso do SC Vila Real para subir ao 2º lugar da classificação. O jogo não foi fácil e pela frente a equipa reguense encontrou uma boa equipa. O Vilar de Perdizes possui excelentes jogadores e dificultou ao máximo a tarefa dos comandados de Marco Maleiro. 

Os primeiros minutos foram de domínio dividido pelas duas equipas mas ao minuto 20, Nuno Peixoto faz um excelente cruzamento teleguiado para a cabeça de Bé e este não perdoa abrindo assim o marcador com um bom golo.

Apartir deste golo a equipa reguense soltou-se mais no terreno e tentava sempre que possível chegar com perigo á baliza do guardião adversário. Por seu lado os visitantes também possuíam as suas armas no meio campo iam ganhando várias bolas mas a defensiva reguense esteve impecável.

Aos 38 minutos o 2-0 esteve perto de acontecer. Tiago Gomes surge isolado mas não consegue bater o guardião Pini que fez a mancha e defendeu a bola.

Na segunda parte o SC Régua veio decidido a marcar o segundo golo para descansar mais a equipa e este acabou por surgiu ao minuto 51 na marcação de uma grande penalidade. Tiago Gomes isola-se e ao tentar desviar a bola para o fundo da baliza sofre um toque do guarda-redes do Vila de Perdizes. Grande penalidade que deixou algumas dúvidas, mas o árbitro da partida estava mais bem colocado e não hesitou em assinalar. Alberto chamado á conversão não falhou.

O SC Régua continuava a dominar a partida e através de jogadas rápidas tentava furar a defensiva visitante mas por vezes o ultimo passe não saia bem. Por seu turno, a formação visitante pouco incomodava a defensiva reguense.

Ao minuto 65, mais uma vez Tiago Gomes está perto do golo mas Pini faz a mancha e consegue defender a bola que parecia ir para o caminho da baliza.

A partir do minuto 70, coincidindo com um forte temporal que se fazia sentir no Peso da Régua, a formação do Vilar de Perdizes subiu no terreno e encostou o SC Régua mais na sua defensiva. Principalmente através de bolas paradas iam lançando bolas para a área na tentativa de chegar ao golo e precisamente num pontapé de canto, os visitantes vão reduzir através de um golo de Jorge aos 89 minutos. O facto de estar um forte vento a favor da equipa visitante, levou a que a bola levasse um rumo diferente e traísse a defensiva da casa.

Faltavam agora apenas 5 minutos (4 de desconto) e o Vilar de Perdizes acreditava que ainda poderia chegar ao empate. Com 3 pontapés de canto nesta fase, criou algum calafrio nos adeptos reguense mas foi mesmo do SC Régua a melhor oportunidade para marcar, quando Daniel numa jogada individual atira ao poste da baliza.

Vitória justa mas suada do SC Régua que foi melhor equipa e que teve mais oportunidade de golo.

Arbitragem razoável de Carlos Teixeira onde ficam apenas dúvidas no lance de grande penalidade a favor do SC Régua.

 

Pelo Régua… Tudo!!!

Fotos: Eduardo Ribeiro (SC Régua)